Na manhã desta quinta-feira 15 de abril, em entrevista ao programa Bom dia Atibaia o secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, anunciou a construção de unidades habitacionais para as cidades de Joanópolis, contemplada com 135 unidades, e Piracaia contemplada com 79 unidades, com novo formato de construção e financiamento as moradias serão entregues entre 12 e 18 meses, dependendo do tamanho do empreendimento.
 
Segundo o secretário Flavio Amary a mudança no formato vai conferir mais agilidade nas obras e a CDHU assumirá a construção, antes a cargo da Caixa econômica Federal.
 
Todo o processo de inscrição e sorteio já foram realizados de forma online, haverá uma fiscalização para confirmar se os contemplados não possuem imóveis e se estão dentro dos parâmetros para receber as moradias e em caso de desconformidades assumirão os suplentes.
 
As obras serão divididas em duas etapas, na primeira fase será realizada a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de água e esgoto e outros itens, na sequência será feita a edificação das unidades habitacionais. “Inovamos o processo com o objetivo de acelerar a implantação dos novos imóveis... buscamos alternativas para conseguir viabilizar essas novas moradias e estamos muito confiantes de que o projeto terá êxito. Para isso contamos com a retaguarda do governador João Doria e do vice-governador Rodrigo Garcia que mobilizaram recursos para a implantação do programa”, disse o secretário.
 
As casas terão dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia. O projeto dos imóveis incorpora as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela CDHU, como pisos cerâmicos com rodapé e laje de concreto em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, estrutura metálica nos telhados e sistema gerador de energia fotovoltaica.
 
Os sorteios para a seleção das famílias já foram realizados e serão mantidos para esta nova modalidade, o financiamento prevê juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos, com isso as parcelas terão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE.
 
Região Bragantina
 
Flavio Amary disse que o Governo de São Paulo tem investido muito em políticas habitacionais na região bragantina, o secretário de Habitação recebe demandas da região constantemente em reuniões com deputado Edmir Chedid.
 
Segundo ele muitos pedidos já forram atendidos, como por exemplo a construção de 26 imóveis que integram o Programa Vida Longa, em Bragança Paulista, que foi contemplada ainda com 168 casas no programa Casa Paulista.
 
Em Atibaia 5.064 imóveis foram regularizadas por meio do programa Cidade Legal e atenderam moradores dos bairros Guaxinduva, Caetetuba 1, Vila São José, Maracanã, Tanque, Imperial e Santa Clara, o secretário ainda anunciou que novos projetos para o município com cerca de 200 moradias.
Em Joanópolis o conjunto habitacional será construído numa área com 56 mil m² doada pela administração pública municipal; o investimento total será de R$ 13,5 milhões, com recursos da CDHU e do Programa Nossa Casa, o sorteio foi realizado em 11 de março de 2020.